domingo, outubro 30, 2005

Dos debates intermináveis (2): expressão e acção

"O aluno atento que quer estar atento, com os olhos cravados no professor, com os ouvidos bem alerta, cansa-se tanto a desempenhar o papel de aluno atento que acaba por não ouvir coisa nenhuma." (Jean-Paul Satre)

2 comentários:

Paris disse...

Concordo, plenamente.

Carapuço disse...

não sei, nunca tentei... Estou sempre perdida a ver as laranjeiras pela janela.